A pontuar desde 2003.

sábado, junho 21, 2003

Erro de paralaxe,

Ao ler o DNa de hoje, pareceu-me, como a muitos outros certamente, que o seu Director, Pedro Rolo Duarte, se sentiu atingido pelas críticas que têm sido postadas ao suplemento aqui na blogosfera. Podia ter escolhido responder a algumas delas, às mais sérias — não foram muitas, já que o que predominou foi o tom jocoso. Aqui no Ponto e Vírgula, por exemplo, as crónicas do João Gobern têm feito as delícias do Ponto, sem outra inspiração ao fim-de-semana, quando regressa da praia. A Vírgula não comenta. Como não comentaria as Impressões Digitais, a abrir a publicação que me fez muitas vezes levantar mais cedo ao Sábado (eram outros tempos, não confundir o emprego do pretérito com uma represália de leitora ofendida) se não fossem tão violentas. Podia, então, o PRD ter respondido às críticas apontadas e defendido a sua dama. Não lhe ficava mal. Mal, ficou-lhe o estrabismo com que disparou. Errou o alvo porque as críticas mais cáusticas, mas mais inócuas também por serem publicadas num blogue humorístico e em tom de brincadeira, foram lançadas pelo badalado Ricardo Araújo Pereira e a restante equipa do gato. E quem foi atacado na crítica resistente de Pedro Rolo Duarte foram os bloguistas-jornalistas (ou colunistas). Mesmo os que com ele trabalham.

|