A pontuar desde 2003.

quinta-feira, outubro 30, 2003

Clooney, George Clooney.

Descobri um actor. Sim, havia indícios de uma propensão para a arte da representação em "O Brother, Where Art Thou?", dos Coen, "Out Of Sight" de Soderbergh ou em "Confessions Of A Dangerous Mind", a estreia na relização do actor. Mas foi pelas mãos dos conturbadíssimos e geniais Coen que Clooney tirou as teimas. A prova de fogo dá pelo nome de "Crueldade Intolerável" e traz nos um Clooney que só tínhamos vislumbrado em "O Brother..", herdeiro de uma tradição de comédia física que teve o seu apogeu em actores como Buster Keaton ou Jerry Lewis.

É nos silêncios que a interpretação de Clooney impressiona, pelas expressões ou pela ausência delas. Descobri um actor e recomendo um filme - "Crueldade Intolerável", de Joel Coen, com George Clooney e Catherine Zeta-Jones, num "multiplex" perto de si.

|