A pontuar desde 2003.

quinta-feira, novembro 13, 2003

Água na boca I.

Aqui há tempos meti-me num curso de cozinha ali em Campo de Ourique, numa loja/escola que dá pelo nome de Cozinhomania. Não que nunca me tivesse lembrado de o fazer, mas a verdade é que a iniciativa não partiu de mim, mas da gentileza da agência em que trabalho. Malas feitas, apetite aguçado e blocos de notas debaixo do braço, lá rumámos nós ao desconhecido.

Foram cinco aulas de "gastronomia do mundo" (chinesa, italiana - duas aulas - , indiana e mexicana), com especial destaque para a indiana (com uns hamburgueres de vegetais e umas beringelas no forno de comer e chorar por não haver mais...), que mudaram a minha forma de ver estas coisas da comida.

Agora, quando cozinho, não dispenso o manjericão, o caril "à séria", os vegetais (que usava com muito menor frequência), o parmesão fresco e outros pormenores que enriquecem os pratos de uma forma que nunca me tinha passado pela cabeça (e pelo palato).

Recomendo as aulas, a loja e, uns quarteirões mais abaixo, o melhor bolo de chocolate do mundo (numa loja com o mesmo nome). Se seguirem o conselho, evitem rir quando descobrirem que uma das iguarias das cozinha indiana dá pelo nome de "raita de banana".

|