A pontuar desde 2003.

sexta-feira, dezembro 05, 2003

Conversas habituais.

Mais uma conversa com o João, a propósito da colectânea de música portuguesa "Frágil 21".

João: Bem, esta música não tem nada a ver com a que passava no Frágil no meu tempo.
Eu: Acho que só pediram emprestado o nome...
João: Uma vez, à porta do Frágil antigo, fui barrado pela porteira que me disse que, naquela noite, a entrada era reservada a clientes habituais.
Eu: E tu?
João: Disse-lhe que se ela nunca me deixasse entrar nunca me poderia tornar num cliente habitual.
Eu: E ela?
João: Cagou.

Este país não está preparado para a criatividade.

|