A pontuar desde 2003.

quinta-feira, janeiro 29, 2004

And now for something completely different,

Um poema da Alejandra Pizarnik (revelada pela Jussara, na blogosfera e a meia dúzia de leitores de poesia). É que, às vezes, muitas vezes, este blogue parece-me de outro tempo.

Tempo

Não sei da infância
mais do que um medo luminoso
e uma mão que me arrasta
ao meu outro lado.

Minha infância e seu perfume
de pássaro acariciado.


Alejandra Pizarnik, Antologia Poética, O Correio dos Navios, 2002

|