A pontuar desde 2003.

domingo, fevereiro 01, 2004

Problemas domésticos com a identidade,

O que mais me incomoda no rádio novo não é recusar-se a sintonizar a TSF ao fim de uma semana de "Sinais". O que me deixa perplexa, indignada, mas, acima de tudo, de mãos atadas, é o facto do aparelho hesitar na sua função. Quer ser uma batedeira, concluímos ao quarto CD. Fá-los girar a uma velocidade alucinante e acompanha a dança com o zumbido familiar. O medo que dali resultasse uma consistente maionese impediu-nos a tempo, mesmo antes da quinta tentativa.

|