A pontuar desde 2003.

domingo, abril 25, 2004

Força, amigas, força.

O fantasma do HIV chegou, aqui há coisa de duas semanas, à maior indústria pornográfica do mundo (o lado "negro" de Hollywood), com a notícia de que um actor, num teste de rotina, tinha sido diagnosticado como seropositivo. Em resposta, uma actriz disse à imprensa que, agora que o vírus estava presente, ia dedicar-se, única e exclusivamente, ao sexo lésbico, assim como uma série de colegas suas de profissão.

Nós por cá, no Ponto e Vírgula, só queremos dizer que, à partida, não levantamos nenhuma objecção. Bem hajam.

|