A pontuar desde 2003.

terça-feira, agosto 24, 2004

A culpa morreu casada.

Um jornalista da RTP entrevista o atleta português Manuel Silva (estará correcto o nome?), o tal que se queixou de falta de apoio do Comité Olímpico Português, tendo "chegado a correr com umas sapatilhas rotas". Já no rescaldo, Manuel acede a fazer um pedido público de desculpas, ilibando o Comité de qualquer responsabilidade no fracasso da sua prestação. A entrevista, em discurso mais ou menos directo:

RTP: Manuel, reafirma as suas acusações ao Comité?
Manuel: Não, de facto fui um pouco precipitado e não é bem verdade que a minha prestação não foi apoiada, eu é que não procurei os apoios nos sítios certos.
RTP: Então podemos depreender que está aqui a fazer um "mea culpa"?
Manuel: Meia, não, inteira. A culpa é todinha minha.

A culpa, então, a seu dono.

|