A pontuar desde 2003.

segunda-feira, outubro 18, 2004

Um livro, um filho.

Este fim de semana plantei duas árvores, dois pequenos freixos que, numa dúzia de anos, darão sombra e frescura aos verões quentes da beira. Já plantei talvez uma dúzia de árvores ao longo da minha (curta) existência, mas é um gesto ao qual nunca consigo ficar indiferente.

Hoje respiro melhor.

|